Existem dezenas de textos como esse que vamos fazer, mas enquanto instituição financeira é fundamental que reforcemos algumas destas informações. Todo mundo cria metas financeiras, não é? Se você ainda não definiu as suas, aproveite esse momento para fazer justamente isso. As metas, nos ajudam a criar planos de curto, médio e longo prazo; por mais que, muitas vezes, saiamos dos trilhos e tenhamos que nos ajustar.
Ter objetivos, como já comentamos aqui no blog, é fundamental. então, olha só 10 conquistas financeiras que você deve alcançar antes dos 40, organize-se para que essas possam de fato ser alcançadas.

1 Construa uma reserva de emergência
A vida é cheia de situações inesperadas, e muitas vezes caras, surpresas. Por isso, é crucial construir um fundo de emergência. O total a ser poupado é particular, sabemos nossa situação e entendemos como e quanto podemos reservar. Como guia, tem-se que é necessário ter reservado de três a nove meses de despesas. Até aos 40 anos, isso já vai ter se tornado uma realidade, não é? Faça contas e veja como esse é um passo muito simples.

2 Ah o salário…tenha estratégias para fazê-lo crescer
A gente sabe que muitas vezes falar com nossa chefe é assustador, será que estamos dando um passo maior que perna? Estamos em posição para pedir um aumento? Essas são questões que ficam constantemente em nossa cabeça e nos impedem de realmente fazer nosso salário aumentar. Mas quem cria as oportunidades de fazer nosso salário crescer, somos nós e não nossos superiores, por mais que eles tenham certeza de nossa competência, de quanto trabalhamos e, às vezes, até de nossa realidade, o interesse é nosso.
Se seu cargo é público a situação pode ser um pouco diferente, mas também é importante mostrar-se consciente sobre questões como: horas trabalhadas, serviço prestado e seu custo enquanto funcionário.
Para saber como fazer o salário render leia aqui.

3 Poupe pelo menos 10% de suas receitas para a aposentadoria
A aposentadoria é questão polêmica nos dias de hoje, cada vez mais turva, essa realidade hoje parte mais de nós do que qualquer auxílio governamental. Negligenciar hoje nossa aposentadoria é um movimento muito arriscado, por isso, levando em conta que o tempo está ao nosso favor, enquanto ainda somos jovens, a hora de também deve ser  desde cedo, muito mais importante do que o quanto poupamos.
Imagine então guardar, pelo menos, 10% de toda sua receita. Lá na frente, o resultado é um saldo mega positivo e, a tranquilidade com a vida é muito maior.

4 Estabeleça táticas de organização financeira
Existem algumas despesas que provavelmente chegarão em um futuro próximo, se é que já não chegaram: uma casa, carro, férias e filhos, apenas para mencionar alguns, que requerem um hábito de poupar bastante regrado.
Ter consciência financeira é entender nossa realidade para poder traçar estratégias  de como economizar, identificar o que realmente tem valor, qual o perfil de cada gasto e como podemos organizar cada uma de nossas despesas.

5 Estabeleça metas de patrimônio
Além das metas de economia, é importante também estabelecer metas para nossas receitas anuais e de patrimônio. O dinheiro não vai aparecer do nada, vamos ter que trabalhar para isso.Para construir um bom patrimônio, precisamos ter uma meta clara e específica antes de começar qualquer movimentação.

6 Crie um método para acompanhar seus gastos
Aos 40, a gente já deve saber muito bem o quanto de dinheiro que está entrando e quanto está saindo. Além de assegurar que ganhamos mais do que gastamos, queremos ter uma ideia muito certa se estamos ou não no caminho certo com nossas economias. Há estratégias para controlar o fluxo de caixa. Uma delas é marcar cada compra feita em uma planilha, ou ainda procurar aplicativos de smartphone que possam fazer isso, APP SICOOB é uma possibilidade interessante para isso.
Olhá um pouquinho mais sobre planejamento financeiro aqui.

7 Possuir uma carteira diversificada
Ser um bom investidor parece relativo, afinal, se já estou investindo em uma aplicação e meu dinheiro rende bem, quer dizer que fiz uma movimentação certeira, não é? Verdade! Mas não é só isso que te torna um bom investidor, diversificar sua carteira é mais que fundamental. Temos medo de correr riscos e acabamos mantendo nosso dinheiro em uma única aplicação.
Mesmo que nosso dinheiro esteja rendendo, é importante perceber que poderíamos estar ganhando muito mais. Um bom investidor sabe disso. Diversifique e descubra as aplicações rentáveis que também te garantem segurança, olha só.

8 Saber investir no que vale a pena
Quando pensamos em investimentos, a primeira ideia que nos vem à cabeça são os financeiros, aqueles que já citamos aqui no blog e que estão diretamente ligados aos rendimentos do nosso dinheiro.
Por que não pensar em manter os olhos no futuro e nas realizações que os investimentos poderão nos proporcionar? As pessoas mais felizes e bem sucedidas estão constantemente exercitando seus cérebros e procurando maneiras de continuar a aprender, se se cuidar e manter uma vida cheia de significados. Além de questões financeiras, aos 40 é preciso saber o que vale a pena na vida e dedicar-se a isso pode fazer muita diferença.

9 Ignorar o vizinho e começar a olhar para suas conquistas
Muitas pessoas gastam o dinheiro que não têm para comprar coisas de que não precisam e para impressionar as pessoas de quem não gostam. Essa é uma frase muito conhecida. Uma das muitas razões para se gastar tanto dinheiro em coisas que, na maior parte das vezes, não precisamos é a comparação com os outros.
Acumular coisas é realmente o motivo pelo qual você levanta todas as manhãs para ir trabalhar? Aposto que não. Em vez disso, olhar para nossas conquistas financeiras diárias e a longo prazo, faz muito mais sentido!

10 Viver livre de dívidas
Muitas vezes gastamos um pouco mais do que devemos e acabamos contraindo débitos de cheque especial, cartão de crédito entre outros. Em outros casos, desejamos comprar um bem, como um carro ou uma casa, e não temos recurso suficiente em caixa para bancar o sonho, tendo muitas vezes que recorrer a outros meios.
Por um motivo ou outro, endividar-se é uma realidade recorrente na vida de muitos brasileiros, mas aos 40 é hora de deixar as dívidas de lado. De um jeito ou de outro existem alternativas para contornar as dívidas e viver mais tranquilo.
Saiba como eliminar suas dívidas aqui.

Viu só quanta coisa precisamos batalhar para conquistar até os 40?  São formas variadas para lidar com nossas finanças, o mais importante é ter, ao longo de todo esse caminho: consciência, equilíbrio e objetivos.