Chegou a hora de pensar nas compras de fim de ano. Muitos de nós ficam com a cabeça cheia de números, aflitos com as contas acumulando e a lista de presentes. Mas como resistir às tentações  do Natal? Os presentes, as ceias, as festividades e tudo mais? — tudo isso nos faz pensar e gastar em clima festivo, embalados com papel de presente. Mas é preciso ficar de olho nos gastos, para não passar da conta e acabar endividado no começo do próximo ano. 

Listamos algumas dicas de como economizar e começar o novo ano com o pé direito e a conta no azul, olha só!

Use o cartão de crédito ao seu favor

A primeira dica, claro, é fugir da combinação de limite alto e empolgação nas compras, já que isso costuma impactar drasticamente no orçamento.

Se considerarmos que, além das compras e dos encargos, ainda há impostos (IPVA, IPTU) no começo do ano, você poderá ter impactos indesejados no orçamento quando receber a fatura do cartão de crédito. Por isso, é importante não se descuidar e manter tudo sempre muito bem controlado. 

Então, faça listas, pesquise, se organize e mantenha tudo sempre na ponta do lápis, até mesmo se quiser comprar algo mais caro , ter margem também é algo a ser previsto. 

Como economizar com tantos sorteios de amigo oculto?

A prática do amigo-oculto é uma boa forma de economizar e promover uma celebração mais animada e participativa junto a familiares, amigos e até colegas de trabalho. A dinâmica quem decide são os participantes, é possível limitar os valores que podem ser gastos com presentes, o tipo de presente, os sorteios podem ser feitos por meio de aplicativos, sites e etc. Tudo isso pra deixar mais divertido além de também ajudar a economizar, já que é preciso se adequar à faixa de preço definida que, geralmente, não é muito alta. Então, fique tranquilo que você estiver envolvido em muitos sorteios, pois essa brincadeira garante presente para todo mundo e no fim, com o limite de valor você acabará economizando. 

Todos juntos a festa fica mais gostosa 

Uma boa forma de economizar é organizar festas colaborativas, ou seja, aquelas em que cada convidado contribui de alguma forma. Dessa maneira, todos acabam participando da preparação do evento e você não vai precisar se sobrecarregar financeiramente. Além disso, é muito mais gostoso nesse clima de final de ano, quando temos uma festa sendo organizada com o carinho e atenção de todos!

Hora de presentes! 

É fundamental planejar bem as compras de fim de ano para que você não saia gastando por impulso, nem adquira itens que não serão usados. Desde os presentes às peças de decoração da casa. Para isso, analise o que é realmente necessário e qual o orçamento reservado para essas compras.

Comprar muito em cima da hora nunca é uma boa pedida, de modo que as decisões acabam sendo impulsivas, as opções já são reduzidas nos estoques e possibilidades de economizar reduzem bastante, o que só faz gerar mais gastos afinal vai ter que desembolsar mais para adquirir determinadas mercadorias. Além disso, terá ainda a competição de todos que deixaram para última hora, o que pode fazer com que os valores aumentem também por causa da alta demanda.

Então já sabe: comece já! Os itens natalinos como o panetone, algumas frutas, nozes e outros produtos tradicionais da época sobem muito de preço à medida que chega o Natal. Por isso, é importante comprá-los com antecedência — só não se esqueça de olhar o prazo de validade. Ah, outra ideia é avaliar a possibilidade de entregar presentes depois das festividades, é comum haver liquidações e promoções melhores. 

Ainda sobre presentes… O Natal é uma época de muita luz, mesmo para quem não comemora a data religiosa ela hoje já representa muito mais que isso e todo mundo participa de um jeito ou de outro. Que tal fazer uma boa ação? E se o que você deseja de presente é fazer alguém mais sorrir? Parece simples, mas é extremamente significativo.  

Conhecemos as cartinhas que as crianças escrevem e são enviadas para os Correios, não é?! Então, escolha uma, duas ou quantas puder. Esse presente não tem preço, mas um valor altíssimo! 

Outra forma simples de presentear alguém é escrevendo um cartão, nossas palavras podem tocar alguém de muitas maneiras. Vale mais o carinho, o gesto, a atenção e o cuidado que qualquer etiqueta. Fique de olho nos detalhes, eles dizem muito. Essa ideia entra na lógica do “Faça você mesmo”, desde um cartão à um presente mais elaborado, seja criativo e cuidadoso.  

Negocie e tente pagar à vista

Pagar à vista é uma forma de ganhar descontos. No entanto, às vezes acabamos nem tentando negociar e aceitamos logo o primeiro valor, perdendo boas oportunidades de conseguir preços melhores. Não tenha receio de tentar um desconto maior, o valor economizado poderá ser aplicado em mais presentes, na ceia ou em algum outro projeto.

As compras de fim de ano podem pesar no orçamento se você não se organizar adequadamente e ceder aos impulsos de consumir. Por isso, lembre-se de planejar bem o que vai gastar para equilibrar as contas. 

É importante ter consciência financeira, planejamento, boas ideias e paciência para as compras de final de ano, querendo ou não essa é uma das épocas mais movimentadas do mercado.