Sustentabilidade ambiental nada mais é do que um conjunto de atitudes sustentáveis. Você já refletiu sobre o consumo de luz e de água, a quantidade de resíduos gerados na sua casa, ou até mesmo sobre os gastos com locomoção?

Até muito pouco tempo atrás acreditávamos que os nossos recursos eram infinitos. No entanto, hoje em dia, não é nenhum segredo que as atividades humanas estão prejudicando o meio ambiente e podem comprometer o futuro das próximas gerações.

Existem várias mudanças simples que podemos aplicar em nossas rotinas, para preservar o meio ambiente por meio do uso mais consciente dos recursos. E tem mais! Muitas delas também  trazem economia para o seu bolso!

Pensando nisso, o Sicoob Credijustra fez uma lista de 9 atitudes sustentáveis para você começar a aplicar agora!

 

Investir em sacolas ecológicas

Sacolas plásticas prejudicam muito o meio ambiente, pois frequentemente são descartadas de maneira incorreta. Assim, adotar o uso das famosas ecobags ou sacolas de pano pode ser uma boa alternativa. Muitos estabelecimentos já estão se conscientizando, cobrando pelo o uso das sacolas plásticas e oferecendo sacolas ecológicas ou biodegradáveis.

 

Aproveitamento de água da chuva ou do banho

Reaproveitar a água da chuva é uma maneira de economizar tanto água quanto dinheiro. Isso é possível por meio da criação de um sistema de captação ou reutilização de água, no qual a água passa por processos de filtragem e purificação. Existem algumas opções no mercado para instalar o sistema em sua residência. Normalmente essa água não é potável, mas pode ser usada para regar plantas, dar descarga e lavar carros, áreas externas e roupas. O investimento inicial pode ser alto, porém provoca a redução da conta de água, diminui o impacto da no meio ambiente e tende a valorizar o imóvel.

 

Uso de energia solar

A energia produzida pelos painéis pode ser utilizada em aquecimento de água e como fonte de energia elétrica em toda sua residência. Isso pode impactar até 95% de economia na conta de luz, segundo o Portal Solar, referência no assunto. Além disso, os painéis não param de gerar energia quando não há uso. Desta forma, a produção excedente pode ser convertida em créditos de desconto na conta de energia de seus imóveis ou de familiares.

 

Diminuição do consumo de alimentos industrializados

Os produtos industrializados são ricos em açúcar, gordura, sal, aditivos e conservantes. Esses ingredientes prejudicam, não só  o meio ambiente, mas também o nosso corpo.  A redução do consumo desse tipo de produto pode diminuir  as chances de doenças como, hipertensão,diabetes, doenças cardiovasculares ou até mesmo obesidade. Sabemos que é difícil cortar inteiramente o consumo de produtos industrializados, mas ter o hábito de ler o rótulo e se conscientizar sobre o que seu corpo está digerindo já é um bom começo. Alguns ingredientes mais nocivos para a saúde são: adoçantes artificiais, BHT e BHA, Acrilamida, Cores artificiais, Óleo vegetal bromado e Glutamato monossódico.

 

Economizar energia elétrica

Apagar as luzes, tirar eletrodomésticos da tomada, banhos mais frios em dias muito quentes são atitudes sustentáveis simples, e que ajudam a preservar o meio ambiente. Além disso, adotar essas práticas pode reduzir os gastos das despesas domésticas. É importante usar a energia com responsabilidade entendendo o que pode ser regulado nos aparelhos e eletrodomésticos da sua casa para um melhor proveito.

Práticas como lavar o máximo de roupas recomendado pelo fabricante da sua lavadora, regular a temperatura da geladeira no inverno e diminuir o uso de ar condicionado pode fazer uma grande diferença. Consequentemente suas contas de luz também passarão ser menores.

 

Descarte correto de aparelhos eletrônicos, baterias e lâmpadas

Além da coleta seletiva, saber onde descartar o lixo eletrônico, baterias e lâmpadas é muito importante para a preservação do meio ambiente. Esses materiais são compostos por metais pesados como cádmio, chumbo, mercúrio, que são perigosos para saúde. Quando deixadas em local indevido elas contaminam o solo, água e prejudicam a agricultura e a hidrografia da região.

Para descartar corretamente esses resíduos, procure pontos de coletas, normalmente existem em supermercados grandes. Outra opção é procurar no eCycle a sede mais próxima a você.

 

Compre carros eficientes

A escolha de um carro é uma decisão muito importante. Aconselhamos que no processo sejam consideradas a eficiência de consumo e a emissão de gases do veículo. Carros com baixa eficiência de quilometragem por litro costumam emitir maior quantidade de gases poluentes como carbono. Investir em um carro flex, ou até mesmo elétrico, poderá diminuir seus gastos com transporte por meio da sustentabilidade.

 

Uso de luzes de LED

Uma das maiores empresas e iluminação, G-light, indica que o uso  das lâmpadas de LED na sua casa pode proporcionar até 80% de economia de energia. Essas lâmpadas duram até 25 vezes mais que as incandescentes e 3 vezes mais que as fluorescentes, e podem durar até 17 anos com pouca alteração no brilho ao longo tempo. Inicialmente a troca não apresenta tantos impactos, porém a longo prazo perceberá que você estará gerando muito menos lixo e consumindo menos energia, além da economia nas contas domésticas.

 

Compostagem

A compostagem é um tipo de reciclagem de resíduos orgânico que gera adubo e redução de lixo nos aterros. O processo consiste na decomposição, onde microorganismos, fungos e bactérias transformam matéria orgânica em humus. Isso é um tipo de adubo fértil e rico com nutrientes para o solo. Por essa razão, é ideal para quem tem hortas e jardins em casa. Além disso, agricultores têm muito interesse nesse produto. Por isso, se o humus não tiver finalidade para você, pode ser uma alternativa de renda extra.

Evitar desperdícios e usar conscientemente os nossos recursos é uma mudança de estilo de vida, porém essa nova postura pode se iniciar com mudanças simples da nossa rotina! O importante é começar!