Chegou o período importante para os pais, a volta às aulas dos filhos. E nesse início de ano, os materiais escolares podem pesar bastante no orçamento. Por isso, preparamos dicas de economia para te ajudar.

A união faz a força

Converse com quem está passando pela mesma situação. É muito saudável quando os pais compartilham preços, descontos, melhores marcas entre várias informações importantes. Os pais podem montar grupos de trocas ou venda dos materiais usados como, por exemplo, os livros didáticos.

Pesquisa de preços

Os itens escolares podem chegar a preços muito altos, não subestima a etapa de pesquisa. Confira os preços na internet e nas lojas, desde as grandes redes até as pequenas papelarias. Além disso, pesquise se a escola tem parceria com alguma livraria ou papelaria, oferecendo possíveis descontos.

Sugestão

Os atacados também oferecem a opção de comprar itens no varejo. Assim, saem mais caros que na compra em varejo. Mesmo assim, podem ter preços muito atraentes em comparação com o preço das papelarias comuns.

Reutilize

Muitos materiais utilizados no ano anterior não precisam ser descartados. Estojo, canetas coloridas, lápis de cor, mochila e outros itens podem ser usados por mais de um ano letivo. Assim, você evita gastar com itens que já estão em boas condições de uso.

Não ignore os sebos

Os sebos são lojas que comercializam livros seminovos. Os preços podem ser muito menores em relação aos exemplares novos, sem muita diferença de qualidade. Assim, é interessante conferir esta opção antes de olhar as livrarias. Vender os livros que estiverem em bom estado é também uma forma de passar para frente aquilo que seus filhos já não usam.

Cuidado com os personagens

Materiais com figuras de personagens conhecidos, por serem mais atraentes e também por causa dos direitos autorais, geralmente custam bem mais caro. Então, para economizar, escolha itens com personagens menos famosos.

Uniforme

Ano novo, uniforme novo. Mas não precisa ser bem assim. Se você quer economizar, primeiro analise a real necessidade de comprar itens novos. Se o uniforme está pequeno ou encardido, por exemplo, realmente é hora de trocar. Então vale a pena, durante o ano, conservar ao máximo cada item do uniforme, assim no próximo ano letivo você terá mais economia.