Para quem quer economizar mais, não pagar tantos juros e não tem tanta emergência para adquirir um bem, o consórcio é uma opção inteligente e vantajosa. Contudo, é preciso ter atenção às regras e condições na hora de fazer uma adesão.

Neste post, trazemos respostas às principais questões sobre o assunto para ajudá-lo a entender como funciona um consórcio de automóveis e suas vantagens. Acompanhe!

O que é o formato de consórcio?

O consórcio é um investimento em que serão pagas parcelas para a aquisição de um veículo, com contemplações mensais, por meio de sorteio ou oferta de lances, entre todos os participantes.

Para um veículo de igual valor à vista, o parcelamento no consórcio torna-se muito mais vantajoso do que o financiamento, como podemos ver no exemplo a seguir. Isso se deve principalmente ao fato de que ele não inclui juros, apenas uma taxa de administração.

Como funciona um consórcio de automóveis?

É preciso um número mínimo de participantes para que aconteça a contemplação mensal. Os consorciados devem pagar uma mensalidade e a duração máxima de um consórcio de automóvel é de até 86 meses. Mas, existe a possibilidade de o consorciado ser contemplado antes.

Qual a forma de pagamento das parcelas do consórcio?

Após entrar no consórcio, você receberá mensalmente um boleto para pagamento, com as informações dos últimos sorteados.

A prestação do consórcio de veículos tende a ser menor que a dos financiamentos. Não há cobrança de juros, porém, é cobrada uma taxa de administração e adesão. Mas, alguns consórcios não tem taxa de adesão, é o caso dos consórcios do Sicoob.

O consórcio é uma excelente escolha por demandar um montante bem inferior a ser pago por um veículo parcelado, e o Sicoob vem apresentando uma das taxas de administração mais favoráveis do mercadoSe interessou? Confira aqui!

Como ser contemplado, dar lance e quantos sorteios há por mês?

Você pode ser contemplado por meio de sorteio e lance. Dado o lance e não sendo o maior, o participante não perderá dinheiro e continuará na disputa dos próximos meses.

Cada administradora tem suas regras para sorteio, portanto, verifique como funciona esse processo no momento da adesão.

É possível usar uma carta de crédito como lance?

A carta de crédito dá o direito à compra do veículo. Caso o consorciado não tenha quitado as parcelas, o veículo fica em garantia com a administradora até a quitação. Você pode utilizar parte da sua carta de crédito para ofertar lance.

É importante saber que, independentemente do tipo de contemplação (sorteio ou lance), você continuará pagando o consórcio pelo período acordado, até todos serem contemplados.

O recurso da sua carta de crédito não é repassado para o consorciado, será creditado na conta corrente do vendedor do veículo, seja ele pessoa física ou jurídica. Podendo o modelo ser modificado e uma carta de veículo ser utilizada para aquisição de uma moto.

O que saber na escolha de um consórcio confiável?

Para saber se é confiável, você deve pesquisar se a administradora tem autorização do Banco Central para venda de consórcios. Também é importante saber se ela figura na lista de reclamações do Bacen.

Existe, por exemplo, a administradora PONTA, que, segundo o Banco Central, tem zero reclamações procedentes e foi a primeira autorizada por esse órgão a fiscalizar do sistema financeiro nacional brasileiro e a comercializar consórcios.

Na hora de aderir a um consórcio, atente-se especialmente ao valor das parcelas, ao prazo de pagamento e à taxa de administração. Isso é importante para que você consiga pagar todo mês e evite dívidas, garantindo, assim, o seu veículo no final de todo o processo.

É possível alcançar seu sonho de um bom carro por meio do consórcio. Além de observar essa boa opção de investimento, o primeiro passo é começar a poupar e saber que nunca é tarde ou cedo demais para essa conquista.

Gostou de saber mais sobre como funciona um consórcio de automóveis? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais. Ajude mais pessoas a tirarem suas dúvidas!