Você comprou seu carro e quer fazer um seguro para ele? Ou deseja renovar aquele que já possui, mas precisa de algumas informações a mais? Você está no lugar certo: hoje vamos lhe dar boas dicas de como reduzir o preço do seguro de seu veículo!

Um dos principais passos para isso é prestar muita atenção na hora de preencher o questionário de risco, que busca dados precisos sobre os hábitos do condutor ou condutores do veículo. Esse formulário é o que vai definir o preço de seu seguro.

Tudo é avaliado: os lugares por onde você anda, os horários, quem são os condutores que dirigirão o carro, se são homens ou mulheres e quais suas faixas etárias.

Confira a seguir as nossas dicas de ouro!

1. Opte por carros menos visados por ladrões

Para quem ainda vai comprar o carro, uma boa dica para diminuir a cotação seria escolher um modelo que não seja visado por ladrões. Exemplos disso seriam os modelos Gol e Palio, que são muito roubados devido às suas peças, obtidas de forma irregular em desmanches.

Isso faz com que as seguradoras corram riscos e, dessa forma, cobrem um valor muito mais alto pela proteção que darão ao carro.

2. Mantenha seu carro na garagem

Não há como negar que carros que permanecem na rua durante à noite — fora de garagens — correm mais riscos de serem roubados. Por conta disso, as seguradoras diminuem o preço do seguro em cerca de 25% para veículos que possuem essa proteção.

Outra proteção que faz com que algumas seguradoras baixem o valor do seguro é a colocação de alarme — que, na verdade, é uma proteção a mais para o veículo e para você!

3. Evite renovação automática de seguro automotivo

Tentar reduzir o preço do seguro do carro pode dar um trabalhinho a mais. Sendo assim, quando seu seguro anual vencer, não deixe que ele se renove automaticamente: faça novas cotações. Se possível, troque de corretor e avalie as vantagens que cada um oferece.

4. Não inclua muitos condutores

Você deve incluir apenas quem mais utilizará o carro, adicionando condutores que realmente dirigirão com regularidade. Se você incluir seu filho que tirou a habilitação recentemente, por exemplo, isso fará com que o valor do seguro aumente.

5. Conheça outros fatores que interferem na cotação do seguro

Mulher ao volante

As seguradoras procuram seguir o que dizem os estudos — que afirmam que as mulheres são mais prudentes do que os homens no trânsito. Com isso, elas recebem melhores avaliações e cotações mais baixas. As casadas têm o preço da apólice ainda menor.

Idade do condutor

Pessoas mais jovens, entre 18 e 25 anos, têm suas apólices com cotações mais altas — tendo em vista que estatísticas afirmam que, nessa faixa etária, os condutores tendem a ser mais imprudentes e, consequentemente, mais propícios a sofrerem acidentes.

Equipamentos de segurança

Alguns equipamentos de segurança, como rastreadores, podem reduzir a cotação do seguro. Contudo, especialistas afirmam que só é válido fazer a instalação desses equipamentos se eles forem oferecidos pela própria seguradora.

Do contrário, os gastos não compensam. Algumas seguradoras oferecem o serviço gratuitamente, e reduzem em cerca de 20% o valor da apólice.

E aí, gostou de nossas dicas sobre como reduzir o preço do seguro do carro? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outras dicas e novidades como estas!