Ao programar uma viagem para o exterior, além de começar a olhar as passagem e os passeios, é imprescindível que se comece também a pesquisar o valor do dólar turismo e as diferentes opções para pagar as suas despesas internacionais. No post de hoje, separamos algumas dicas para você economizar na compra do dólar na sua viagem. Confira!

Acompanhe o Ranking do Banco Central

Faz parte do planejamento de um passeio para o exterior acompanhar a cotação do dólar, pois isso determinará o orçamento e custo da sua viagem. O canal mais confiável para isso é o site do Banco Central do Brasil.

Este é o órgão que regulamenta o mercado de câmbio do país e autoriza as instituições que nele operam. No site, ao colocar a moeda e o valor que deseja adquirir, ele disponibilizará um ranking do Valor Efetivo Total (VET) mensal cobrado nas operações de câmbio por cada instituição.

Dolar Tursimo

Fonte: website Banco Central do Brasil

O VET engloba as tarifas, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e a taxa de câmbio das operações. Os valores se referem às quantias cobradas nos períodos anteriores por todas as instituições financeiras regulamentadas. Por isso, a lista serve apenas como base de negociação e indicação, com o intuito de te ajudar a conseguir os melhores preços.

A instituição não tem como obrigação cobrar o valor que está no site, pois a cotação varia constantemente. Por isso é preciso ir até as instituições financeiras (ou entrar nos seus sites) para saber o preço que você de fato pagaria na transação.

Outro fator a ser levado em consideração é a variação constante do preço do dólar nas instituições.  Por conta disso, nem sempre a instituição que cobrou o valor mais competitivo no período pesquisado necessariamente será a que está cobrando o melhor preço hoje. Em vista disso, uma boa prática é verificar os rankings em períodos diversos. Se a instituição está bem posicionada em várias pesquisas, isso é uma boa indicação!

Recomendamos dois outros sites para conseguir aproveitar as melhores cotações do dólar:

  • O Click Câmbio avisa via SMS ou e-mail quando a cotação do dólar atinge o preço que você deseja pagar.
  • O Melhor Câmbio reúne ofertas de diferentes casas de câmbio e permite que você realize lance dentro da plataforma.

Compre os dólares aos poucos

Acompanhando a cotação do dólar e o ranking do VET, especialistas aconselham que a compra dos dólares seja feita aos poucos. Por isso, é importante começar o seu planejamento com antecedência. Não é possível saber ao certo quando o dólar vai ser mais barato. O que deve ser feito é seguir o valor da moeda e os noticiários, principalmente as pautas econômicas e políticas dos países.

A oscilação é constante, por isso é interessante definir uma frequência certa de compra e uma quantia de moeda a ser trocada em cada transação, por exemplo: “uma vez por mês comprarei 500 dólares”. Com a prática de obter os dólares aos poucos, além de conseguir aproveitar os momentos oportunos no mercado de câmbio, é também uma boa forma de conseguir poupar ao longo do tempo para sua viagem!

Cartão de crédito, cartão pré-pago ou dinheiro: como escolher?

Muitos ficam na dúvida quanto à melhor forma de pagamento durante a viagem. Existem três principais meios de pagar as suas despesas no exterior: cartão de crédito, cartão pré-pago e dinheiro em espécie. Queremos esclarecer aqui as vantagens e desvantagens de cada forma!

O importante é não ficar dependente de um modo de pagamento, pois emergências e imprevistos podem acontecer! Aconselhamos diluir os riscos em pelo menos duas opções, sendo uma, dinheiro, e a outra, um tipo de cartão.

O fato é que dinheiro vivo é sempre mais em conta, pois o IOF é cerca de 1,1%. Porém, existe o risco de perder ou ter o dinheiro roubado ou furtado sem conseguir recuperá-lo. Em passeios longos, em que uma grande quantia de dinheiro é necessária, o prejuízo pode comprometer a sua viagem e sua saúde financeira!

Por conta disso, os cartões possuem as vantagens de segurança e praticidade. Tanto os cartões de crédito, como os pré-pago possuem um IOF por volta de 6,38%. A principal diferença desses dois tipos de cartão é o dia que é feita a cotação do dólar. Ao usar o cartão de crédito, a maioria das instituições financeiras realizam a cotação no dia do fechamento da fatura e não na hora da compra. Com isso, você pode ter algumas surpresas desagradáveis na sua fatura no final do mês. No caso do cartão pré-pago, normalmente a cotação é feita no dia do carregamento do cartão e em alguns casos no dia que o dólar foi adquirido.

Com o cartão de crédito do Sicoob, o Sicoobcard, a cotação do dólar não será mais problema! Diferente da maioria das instituições financeiras, o dólar é cotado no momento da compra. Isso permite que você compre no exterior com a certeza que suas compras serão convertidas para o real, utilizando o dólar de valor fixo, sem variação cambial ou imprevistos no fechamento da fatura.

O Sicoob Credijustra

O Sicoob Credijustra não é um banco, pois não visamos o lucro. O nosso objetivo é promover o desenvolvimento social e econômico dos nossos associados por meio do cooperativismo. Nascemos no poder Judiciário Trabalhista e hoje, além de atender aos Tribunais Regionais do Trabalho, TST e TSE, atendemos os servidores do MPT em todo o território nacional e os Bombeiros Militares do Estado do Pará. Praticamos as mesmas operações dos bancos, com algumas diferenças, como: tarifas mais baixas, além da divisão dos resultados entre os associados, de forma proporcional a participação de cada um.

Assim oferecemos serviços financeiros de qualidade, com preço justo, aos cooperados. O Sicoobcard é a melhor forma de pagar as suas compras, podendo ser de três bandeiras: MasterCard, Cabal e Visa. Além da cotação do dólar ser feita na hora da compra, o Sicoobcard possui outros benefícios como, juros mais baixos, a maior pontuação do mercado, recomposição online do limite, dentre outros!

Conheça o Sicoobcard e todas as vantagens de fazer parte do Sicoob Credijustra clicando aqui!